Quem somos

O Grupo DCHJ, fundado em 2011 em Portugal, demonstra desde então toda a sua coragem e competência ao entrar num mercado totalmente descapitalizado e sem perspetivas de retoma, conforme se veio a confirmar nos anos seguintes.

No entanto, de acordo com a jovem mas experiente administração em diversas áreas da construção civil e uma força de trabalho dedicada e de qualidade superior,  a DCHJ não só se manteve fortemente ativa no mercado, assim como conseguiu contrariar todas as estatísticas negativas divulgadas quase diariamente, tendo vindo desde então a crescer de uma forma sustentada.

A aposta da DCHJ em Portugal, centrou-se num nicho de negócio totalmente vocacionado para a área da reabilitação e remodelação em todo o tipo de edificações, dispondo de um alvará de classe IV que nos permite realizar qualquer obra, sempre com um enquadramento legal.

Em 2012 o Grupo DCHJ, após consolidação em Portugal, arranca com a internacionalização da empresa, entrando no mercado Belga como subempreiteiro para estruturas em betão armado,  onde demonstrámos toda a nossa experiência e competência, pelo que podemos afirmar hoje convictamente que temos uma presença marcante e uma cota de mercado em crescimento, para além de um considerável leque de clientes de grande importância no exigente mercado Belga, conquistados à custa de um enorme esforço de trabalho,  competência e a  implementação de uma política de recursos humanos adequada à exigência dos mercados Português e Belga.

O Grupo DCHJ, tem vindo a desenvolver a sua atividade em mercados diferenciados, sempre com o objetivo bem definido:
Pro-atividade; Segurança; Eficácia; Qualidade; Profissionalismo e Rapidez.

Cada vez mais temos a consciência, que os prazos de execução dos trabalhos são um dos alicerces do sucesso, e nesse capitulo estamos sempre "um passo à frente”.

Mas a missão da DCHJ não se esgota com a entrada no mercado Belga, pois futuramente e considerando a experiência adquirida, tendo como base de partida, a sustentabilidade, o Grupo DCHJ irá intervir em novos mercados.


« voltar

Newsletter
Siga-nos Facebook RSS


DCHJ